Seja bem vindo, amigo!

Seja bem-vindo, amigo! Seja você também mais um subversivo! Não se entregue e nem se integre às mentiras do governo e nem da mídia! Seja livre, siga o seu instinto de liberdade! Laissez faire! Amém!

Translate

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

O próximo ataque contra a Lava Jato vai sair de dentro do STF.

WKYW: Veja o que o socialismo está fazendo com o Brasil

Biblioteca Subversiva: Dicas de livros

DISCOTECA SUBVERSIVA: As 200 músicas mais expressivas do final século XX

Veja mais frases libertárias

Ambientalismo e Desenvolvimento Sustentável: Falácias & Mentiras

Jair Bolsonaro e a onda crescente de crimes patrocinada pela esquerda

WKYW: Veja o que o socialismo está fazendo com o Brasil

Biblioteca Subversiva: Dicas de livros

DISCOTECA SUBVERSIVA: As 200 músicas mais expressivas do final século XX

Veja mais frases libertárias

Ambientalismo e Desenvolvimento Sustentável: Falácias & Mentiras

O FIASCO DE LULA AO VISITAR O NORDESTE

WKYW: Veja o que o socialismo está fazendo com o Brasil

Biblioteca Subversiva: Dicas de livros

DISCOTECA SUBVERSIVA: As 200 músicas mais expressivas do final século XX

Veja mais frases libertárias

Ambientalismo e Desenvolvimento Sustentável: Falácias & Mentiras

NÃO EXISTE EXTREMA-DIREITA: CHAMAR A DIREITA DE EXTREMA-DIREITA É A NOVA ARMADILHA DA ESQUERDA PARA 2018


WKYW: Veja o que o socialismo está fazendo com o Brasil

Biblioteca Subversiva: Dicas de livros

DISCOTECA SUBVERSIVA: As 200 músicas mais expressivas do final século XX

Veja mais frases libertárias

Ambientalismo e Desenvolvimento Sustentável: Falácias & Mentiras

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Dois presidentes inocentes americanos que financiaram os programas nucleares da Coreia do Norte e do Irã

Os pacifistas ingênuos

Com a promessa do ditador norte-coreano de ser bonzinho, Jimmy Carter e Bill Clinton enviaram cerca de US $ 4 bilhões em assistência econômica, incluindo petróleo e água leve para os reatores norte-coreanos. Logo em seguida, assim como a tampa e o balaio, juntos, Coreia do Norte e Irã começaram a desenvolver seus programas nucleares para aterrorizar o mundo.

Existe premio Nobel da ignorância? Com essa, Jimmy Carter recebeu o  Prêmio Nobel da Paz em 2002. Eu acho que a palavra “paz” para os socialistas deve ter outro significado. Só pode!


WKYW: Veja o que o socialismo está fazendo com o Brasil

Biblioteca Subversiva: Dicas de livros

DISCOTECA SUBVERSIVA: As 200 músicas mais expressivas do final século XX

Veja mais frases libertárias

Ambientalismo e Desenvolvimento Sustentável: Falácias & Mentiras

O que acontecerá com o Brasil se, por acaso da ignorância, o Lula ganhar (Não diga que eu não avisei!)

Com as pessoas forçadas a revirarem lixo, o socialismo venezuelano provoca emagrecimento compulsório


O relato a seguir foi divulgado pela Associated Press:

O caminhão de lixo freia e Rebeca corre até o contêiner para revirar os sacos. É a sua luta diária contra a fome, que leva muitos venezuelanos a viverem de restos de comida.

Antes que os resíduos sejam triturados, vasculha avidamente e encontra um pouco de macarrão. Rebeca León tem 18 anos, está terminando o ensino médio e vive no bairro popular de Petare, em uma casa que, apesar da miséria, conta com os serviços básicos.

Um filho de dois anos desnutrido, uma mãe com deficiência e semanas "à base de água" a levaram, há seis meses, a percorrer as ruas de zonas ricas para buscar comida no lixo.

"Minha mãe não aceitava, mas o que mais se pode fazer com a situação ruim do país? Ia morrer de fome, dava para ver os ossos dela", conta à AFP.

Sua rotina é angustiante. Estuda à tarde e, depois do colégio, vai direto caçar caminhões coletores de lixo e revirar sobras em restaurantes, de onde tira restos de frango, pão, peixe ou queijo.

Dorme na rua e volta à casa de manhã para limpar o que recolheu e descansar, para depois continuar fazendo a roda girar.

Esta jovem deixou a vergonha de lado para sobreviver a uma crise na qual a escassez atinge 68% dos produtos básicos no país e a inflação cresce descontroladamente — segundo o FMI, chegará a 1.660% em 2017.

"Chorava, porque me sentia humilhada. Já não me importa, porque se você não procura algo no lixo, você não come", disse, enquanto aguardava um caminhão que nunca chegou.

Cerca de 70 pessoas, entre elas várias crianças, esperam com Rebeca os caminhões coletores, e compartilham o controle das lixeiras de restaurantes. Rebeca revira as sobras de um restaurante em Altamira, bairro de Caracas.

Perto dali, em um estabelecimento de fast food, um homem foi esfaqueado recentemente em uma briga por um saco de lixo, conta um funcionário. Neste lugar, José Godoy, pedreiro desempregado de 53 anos, lambe ansioso um prato descartável. Suas duas filhas, de seis e nove anos, bebem suco retirado de um pote. Estão anêmicas, e comem apenas bananas ou iúca uma vez por dia.

"Uma noite fomos dormir sem comer. Não desejo isso a ninguém. As crianças choravam e diziam: 'tenho fome'. Vendi as ferramentas, tudo, e por último saí às ruas. Milhares de nós vivemos de lixo", relata José.

Cerca de 9,6 milhões de venezuelanos — quase um terço da população — comem duas ou menos vezes por dia. A pobreza aumentou quase nove pontos percentuais entre 2015 e 2016, atingindo 81,8% dos lares, enquanto 51,51% estão em situação de pobreza extrema, segundo a Pesquisa sobre Condições de Vida.

O estudo, realizado por um grupo de universidades, revelou também que 93,3% das famílias não têm renda suficiente para comprar alimentos, enquanto sete em cada dez pessoas perdeu em média 8,7 kg de peso no último ano.

"Eu era gordo, e olhe só agora, estou magrinho. Tive que tirá-la do colégio porque não podia dar comida para ela levar", disse Godoy, apontando para uma das filhas.[...]

Abatida pela noite mal dormida, pela fome e pela preocupação por não ter encontrado nada, Rebeca retorna ao seu bairro — o mais perigoso de Caracas. De lá, deve caminhar uma hora até a escola, onde alguns colegas chegam a "desmaiar de fome", conta.

"Não quero ficar assim", diz a jovem, que pretende estudar turismo após concluir o ensino médio. Por enquanto, se prepara para outra jornada desta luta, cujo fim está distante demais para ser vislumbrado.

Leia mais aqui
WKYW: Veja o que o socialismo está fazendo com o Brasil

Biblioteca Subversiva: Dicas de livros

DISCOTECA SUBVERSIVA: As 200 músicas mais expressivas do final século XX

Veja mais frases libertárias

Ambientalismo e Desenvolvimento Sustentável: Falácias & Mentiras

Venezuela: À beira de um abismo mais profundo - A marca do socialismo de Nicolas Maduro trouxe pobreza, fome e morte.

Maria Alba Toledo - August 16, 2017

Guayana City, Venezuela - Uma vez que o país latino-americano com maior taxa de crescimento, agora o mais pobre do hemisfério, a Venezuela está em queda livre. Centenas estão morrendo de doenças, algumas delas, mas erradicadas, devido à falta de medicamentos e vacinas. De acordo com a empresa de consultoria Econometrica, 2,1 milhões de venezuelanos estão agora comendo e vivendo do lixo.

Seus cidadãos estão em guerra com os militares. A situação deteriorou-se tanto. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, surpreendeu os líderes latino-americanos na última sexta-feira, quando disse: "Temos muitas opções para a Venezuela, incluindo uma possível opção militar, se necessário". Trump acrescentou mais tarde: "A Venezuela não está muito longe e as pessoas estão sofrendo e estão morrendo".

O verdadeiro inimigo responsável por essa paisagem letal não é estrangeiro. Essa destruição veio de dentro. Por quase duas décadas, o governo socialista da Venezuela conseguiu minar todas as instituições que mantinham o país à tona.

Quando Hugo Chávez ascendeu à presidência em 1998, ele teve uma agenda: traga o socialismo para a Venezuela e depois o exporte para o resto da América Latina. O seu sucessor, Nicolas Maduro, continuou a derrubada do país por um declive pavimentado pela destruição total dos meios de produção. Na verdade, ele conseguiu avivar a queda.

Artigo 333: Esta Constituição não deixará de estar em vigor se deixar de ser observada devido a atos de força ou por causa ou revogação de qualquer outra forma que não a prevista no presente. Nessa eventualidade, todo cidadão, com ou sem autoridade pública, tem o dever de ajudar a torná-lo efetivo.

Artigo 350: O povo da Venezuela, fiel à sua tradição republicana e à sua luta pela independência, paz e liberdade, deve rejeitar qualquer regime, legislação ou autoridade que viole os valores, princípios e garantias democráticas ou que invada os direitos humanos.

(Muitos Jovens, seguindo a constituição, estão abandonado as famílias, os estudos e indo lutar contra o governo socialista) -
Leia mais aqui

WKYW: Veja o que o socialismo está fazendo com o Brasil

Biblioteca Subversiva: Dicas de livros

DISCOTECA SUBVERSIVA: As 200 músicas mais expressivas do final século XX

Veja mais frases libertárias

Ambientalismo e Desenvolvimento Sustentável: Falácias & Mentiras