Seja bem vindo, amigo!

Seja bem-vindo, amigo! Seja você também mais um subversivo! Não se entregue e nem se integre às mentiras do governo e nem da mídia! Seja livre, siga o seu instinto de liberdade! Laissez faire! Amém!

Translate

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Viajando num trem de Cuba cantando "Guantanamera"

Por Anon,


Tomada nº 1 – Na plataforma da estação cubana, vários turistas esperam o trem Austrália partir. Guias cubanos expõem, em espanhol e em inglês, um breve histórico do trem e da via férrea, que no passado, antes do Che, era usada para transportar açúcar.

Tomada nº 2 – Tendo ao fundo imagens de trens de ferros velhos, um turista “esquerda caviar” tenta tirar as ferrugens de suas nádegas e de sua calça branca; enquanto um outro turista de camisa vermelha (para puxar saco dos Castros) tira uma foto  do trem 1716 ( um palpitinho para o jogo do bicho), que toca um insuportável sino.

Tomada nº 2 – Pronto para sair, alguns turistas esquerdinhas embarcam no “Ferroso andante”. São esses tipos de turistas, nem todos, que vão para países miseráveis socialistas e depois vem contando maravilhas das desgraças que eles fingem não ver.

Tomada nº 3 – Bandinha de músicos, músicos? Começam a fazer o aquecimento para a grande música "Guantanamera". Enqunto isso, os toristas (toristas não! São turistas!) vão tirando fotos das misérias. Essas fotos eles não nos mostram!

Tomada nº 4 – Cachorro carnívoro faminto tenta pegar um pedaço de qualquer torista.

Tomada nº 5 – LA BAMBA, Bam-ba-bamba, Bam-ba-bamba, Bam-ba-bamba. Sabe, há gosto para tudo; e mais, depois que você entra numa barca dessa, digo trem, não tem como parar, o jeito é curtir!

Tomada nº 6 – Agora todos os passageiros descem do trem. A Maria fumaça, põe fumaça nisso, dá uma ré e volta para ser fotografada. A tripulação acena feliz da vida!(turista é bicho bobo, hein? Ah tudo bem, eles devem estar drogados de tanto cheirar fumaça  de óleo diesel requeimado!)

Tomada nº 7 - Agora sim! "Guantanamera" , Uma linda guantanamera, Guantanamera, uma linda guantanamera. Cara, eu acho que vou vomitar! Esses caras não estão tocando, eles estão é me torturando e acho que é pessoal!

Tomada nº 8 – Do nada, o trem começa a apitar: Tô fundindo! ou tô fudido! Sei lá! Nessa hora todo mundo já estava com cara de cubano entediado. O trem anda lentamente de ré, igual à economia socialista cubana.

Tomada que não houve – Geralmente depois do apito do trem, é comum algum cubano da localidade jogar uma vaca para ser atropelada pelo trem. Pois, para o cubano, é proibido pelo código penal matar e vender carne bovina. Mas a lei não diz nada sobre os atropelamentos “acidentais”.

Tomada nº 10 - Tinha que aparecer um outdoor do Che Guevara, o comunista mais comercializado da América Latina. Mas aqui, neste fim de mundo, ele ganhou um lugar de destaque, num outdoor lúgubre, triste, velho e enferrujado. Aqui jaz um cara que, juntamente com Fidel, desgraçou com a vida da maioria dos habitantes de Cuba. Ilha que tinha tudo para ser o verdadeiro paraíso da terra. Anon, SSXXI

Clique no título e saiba mais: Viajando em trem ecologicamente correto; e comunista também. Uma “profecia do futuro mundo verde"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VISITE A BIBLIOTECA DO SUBVERSIVO DO SÉCULO XXI