Seja bem vindo, amigo!

Seja bem-vindo, amigo! Seja você também mais um subversivo! Não se entregue e nem se integre às mentiras do governo e nem da mídia! Seja livre, siga o seu instinto de liberdade! Laissez faire! Amém!

Translate

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

A maldição de Cuba: Tem culpa Cuba?

Por Anon,

Dirão alguns comunas socialites: Que desgraça, hein? Cuba, um dos dois últimos bastiões do comunismo do mundo resolve promover uma mini Perestroika, e pior, sem um murinho de Berlim para dar uma derrubadinha! Os irmãos Castros se prostituíram e se renderam ao capitalismo dos ianques; agora, só nos resta aquele chinesinho com cara de norte-coreano, ou vice-versa! Porque a China, meus camaradas, virou uma salada de fruta, ninguém sabe o que aquilo virou!

O sonho comunista acabou! A não ser que este seja mais um plano maquiavelenistalingramscista de Fídel, com uma pitadinha da teoria Saul-alinskymarcuseana para desgraçar de vez com o cambaleante império capitalista e, por tabela, com o mundo; porque qualquer analfabeto em história sabe que, a não ser para os Castros, tudo que o Fudel Castro toca vira merda.

É isso que caracteriza a teoria da maldição Cubana, todos os países que tentam ajudá-la se fufu. O primeiro pais que se fudeu com os Castros, naquela historinha de Sierra Maestra, foi inclusivamente a própria Cuba, desculpe a redundância. Depois veio o “grande império moscovita”, uma das maiores empresas do mundo de produzir cadáveres humanos, só perdendo para os sinos vermelhos de Zedong. Com Hitler, outro socialista nacionalista, amargando um fracassado terceiro lugar nessa carnificina macabra, medalha de bronze para completar essa funesta lista ponerológica.

Assim, depois de enfiarem uma baita Perestroika nos rabustekos dos russos, deixando-os quebradinhos. Os Fudels Castros, com sua maldição, partiram para vampirizar a rica e petrolífera Venezuela dos bobões Chaves-Maduro, irmãos siameses, carne e espírito fantasma... E todo mundo sabe no que deu!

Igual a qualquer boa prostituta, os El manos caribenhos, quando perceberam que os russos coçando os cossacos e venezuelanos cucarachas foram á bancarrota, passaram um batom e um rímel e se mandarão para o Brasil para enganar os socialistas caviar-tupiniquins.  E não é que os “bobões”, bobona mais bobão, caíram na lábia do hispano da ilha. Eles foram bobos, mas nem tanto, fizeram algumas obras superfaturadas para os Castros na maior manha e ainda por cima com segundas intenções e secretas...

Novamente o instinto de prostituta alertou os irmãos, pois descobriram que o Brasil não estava com aquela bola toda, e que os mentirosos do mensalão conseguiram enganar até as bolsas de valores dos EUA, mas não tinham cacife para enganar os espertalhões que parasitaram a ilha cubana por mais de meio século, pois, em se tratando de mentira, eles são expert no assunto.

O Brasil começou a definhar, e veja que estávamos apenas no início do bafo vampiresco da maldição cubana. Além do mais, o país já contava com as suas próprias e eternas maldições internas. Preciso citar os nomes?

Logo os Irmãos politicamente xipófagos voltaram à maquiagem completa, pois encontraram um papa disposto a casá-los com o democrata Obama Care.

UFA! Fomos salvos pelo gongo, ou melhor, salvos por Obama e pelo Papa Francisco. E por falar em Papa, há muitos blogueiros achando que o papa é comunista. Bem, eu acho que ele é muito mais que um comunista, pois ele é um jesuíta. Querem mais?

E por falar em Obama, esse presidente, que segundo os mais conservadores, o que ele já fez na entrada e durante, não seria louvável que não defecasse também em sua estilosa saída. Com certeza, ele também sabe da maldição cubana e de todos os poderes dos bonequinhos de vodu. Agora, se o mr president continua com a intenção de destruir progressivamente a América do Norte, tomem bastante cuidado senhores conservadores, NOW! ele consegue!

Mas, para o bem de todos e felicidade geral da humanidade, retiro tudo que disse e escrevi antes e, sinceramente, espero que esta maldição não pegue nos norte-americanos, pois se a América do Norte cair, mais cedo ou mais tarde, o mundo inteiro cairá com ela...

Espero também que Cuba volte a ser aquilo que ela sempre foi antes da revolução, porém sem Fulgêncio e sem Fidel; porque ditadura e totalitarismo, seja de esquerda, seja de direita, ninguém merece!...

Depois deste artigo, permitam-me mais uma esperança, agora de cunho pessoal: Espero não precisar do SUS e, principalmente, não ter que encontrar algum médico cubano pela minha frente, e muito menos pelas costas... Anon, SSXXI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VISITE A BIBLIOTECA DO SUBVERSIVO DO SÉCULO XXI