Seja bem vindo, amigo!

Seja bem-vindo, amigo! Seja você também mais um subversivo! Não se entregue e nem se integre às mentiras do governo e nem da mídia! Seja livre, siga o seu instinto de liberdade! Laissez faire! Amém!

Translate

domingo, 31 de agosto de 2014

Yuri Bezmenov fala sobre os sovietes e nos ajuda a entender por que o PT é a maior ameaça à democracia hoje no país

Por Luciano Ayan

Yuri Bezmenov foi um jornalista da RIA Novosti e ex-informante da KGB que desertou para o Canadá. Nos anos 80 ele deu palestras nos Estados Unidos denunciando as técnicas de subversão do governo russo. Clique aqui para assistir a uma palestra completa.

Tudo que ouvíamos de Bezmenovs e referia ao template da KGB para levar um país ao colapso no intuito de facilitar sua conversão ao socialismo. Porém, tudo isso não passava da aplicação das técnicas de Marx, Lenin e Trotsky. No Ocidente, essas técnicas foram misturadas aos templates gramscianos e dos demais ideólogos da escola de Frankfurt, além de contemplar o material de gente como Chomsky e Alinsky.

Os ganhos para os russos eram óbvios. Como eram uma economia fechada pelo socialismo, quanto mais países adentrassem ao seu meio de vida, melhor, pois eles poderiam fazer mais alianças. Para quem quer se manter no poder a partir de estados inchados, ter outros aliados seguindo o mesmo caminho é uma boa ideia. A “troca” entre eles poderia facilitar a sustentação dos atuais regimes.

Para o momento, o que é importa é citar um ótimo vídeo feito por Zé Oswaldo, que captura seis minutos da palestra de Bezmenov (cujo link está no primeiro parágrafo deste post), onde ele menciona a ação específica dos sovietes. Sovietes são os coletivos não-eleitos (no léxico deste blog) que se unem a um projeto de tomada de poder totalitário ou na manutenção de um regime totalitário.

Esses grupos são “úteis” tanto para levar um país ao colapso como para servir de amparo aos sistemas socialistas implementados. Neste caso, esses governos ressignificam esses sovietes para “a sociedade civil” ou “o povo”. Quer dizer, se uns 30 ou 40 grupos são pagos pelo governo para apoiarem todas as suas propostas e pressionarem o congresso, o partido no poder dirá “foi o povo debatendo e discutindo”. Mas você não elegeu nenhum desses grupos. Como o governo diz que esses coletivos não-eleitos “representam o povo”? Essa é a essência do truque.

O PT é o partido mais perigoso para a democracia do Brasil, pois foi o que melhor soube se aproveitar dos sovietes, fazendo coalizão com eles desde o seu surgimento. Partidos como PSTU,PSOL e PCdoB também usam sovietes, mas os três não passam de serviçais do PT.

O Decreto 8243 não passa de uma forma de usar os coletivos não-eleitos, que serão selecionados apenas por serem sovietes do PT, de forma a pressionar o congresso. Depois da didática de Bezmenov, alegar ignorância sobre esta funcionalidade beira a imprudência.

Fonte : Ceticismo Político

Enfim, veja o vídeo abaixo, que intercala um trecho da palestra de Bezmenov com imagens sobre a realidade dos sovietes brasileiros, dando um ótimo tom didático ao conteúdo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VISITE A BIBLIOTECA DO SUBVERSIVO DO SÉCULO XXI