Seja bem vindo, amigo!

Seja bem-vindo, amigo! Seja você também mais um subversivo! Não se entregue e nem se integre às mentiras do governo e nem da mídia! Seja livre, siga o seu instinto de liberdade! Laissez faire! Amém!

Translate

sábado, 21 de março de 2015

10 coisas que aprendi com a "çabedoria" petralha:

Por Fabio Luiz Bragio


1. Se eu não sou petista, eu sou tucano

2. Se eu não sou petista, nem tucano, sou a favor de um golpe militar, não existe outra opção

3. Não posso me indignar com a corrupção petista, porque houve corrupção no governo tucano

4. Não posso me indignar com a corrupção petista, porque o PT não inventou a corrupção

5. Só estou indignado porque o PT colocou o pobre no mesmo avião que eu, e isso me dá nojo

6. Não tenho estatura moral para criticar quem rouba US$ 88 bilhões da Petrobrás (sem falar nas outras estatais ainda não investigadas) porque eu já fiz uma conversão proibida, já colei um chiclete embaixo da carteira na escola e já soltei um pum no elevador

7. Eu fui para a rua porque sou elite branca e, consequentemente, odeio negros, pobres, índios, nordestinos, gays, feministas, corinthianos, crianças feias, camisa de microfibra da fascínios e desodorante perfumado

8. Eu fico indignado com as atitudes totalitárias do governo porque eu sou coxinha e fascista (mesmo sabendo que quem me chama de fascista não tem a menor ideia do que foi o fascismo)

9. Não interessa que o impeachment esteja previsto na Constituição Federal, se é contra um governo de esquerda é golpe

10. E por fim, aprendi ontem, com os dignos Ministros da República que, se eu fui para a rua, é porque não aceito o resultado democrático da eleição, estou fazendo um terceiro turno e, obviamente, estou obcecado pelo fim do financiamento privado de campanha, que é a solução para TODA a corrupção do mundo.

Fonte: Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VISITE A BIBLIOTECA DO SUBVERSIVO DO SÉCULO XXI