Seja bem vindo, amigo!

Seja bem-vindo, amigo! Seja você também mais um subversivo! Não se entregue e nem se integre às mentiras do governo e nem da mídia! Seja livre, siga o seu instinto de liberdade! Laissez faire! Amém!

Translate

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Marco Antonio Villa: um mico atrás do outro

Por Roxane Carvalho

Conheci Marco Antonio Villa nos anos 70, na PUC/SP. O cara era maoísta, mas parece que os resíduos dessa praga nunca mais foram removidos. Ele ainda trata o socialismo esquematicamente como nos manuais, a realidade pouco importa. Afirmar que o PT não é comunista e que Olavo é fascista já diz tudo sobre ele, tanto no caráter quanto como historiador. Acho que ele não agüentou quando viu vários cartazes louvando Olavo nas manifestações. Mais um roedor da glória alheia, mais um invejoso como tantos.

Eu não era melhor que ele. Naquela época, fazia parte do movimento estudantil e era massa de manobra dos trotskistas. Só que Olavo de Carvalho me tirou do buraco. Quanto ao Villa, alguém deve tê-lo ajudado a mudar para outro buraco mais vistoso, mas não menos degradante. O resultado está aí: o cara mente, levanta calúnias contra um escritor que ele sequer conhece, se faz de superior sem perceber o quanto está sendo ridículo, o quanto está sendo mau caráter, fingindo uma superioridade que não tem. Um mico atrás do outro e o pior é que ele se acha o máximo. Êta sujeitinho vagabundo, capacho do George Soros.

Dizem as más línguas que há tempos ele pertence aos tucanos. Daí a simpatia sem reservas pela famigerada Constituição de 1988, o ódio aos militares e a afirmação reiterada, como se fosse um mantra, de que o PT não é um partido comunista.

Antes que eu me esqueça: Marco Antonio Villa, fascista é a PQP!

Fonte:MSM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VISITE A BIBLIOTECA DO SUBVERSIVO DO SÉCULO XXI