Seja bem vindo, amigo!

Seja bem-vindo, amigo! Seja você também mais um subversivo! Não se entregue e nem se integre às mentiras do governo e nem da mídia! Seja livre, siga o seu instinto de liberdade! Laissez faire! Amém!

Translate

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Diminuição dos impostos.

E há tantos modos de um governo ser benfazejo! Não falamos de socorros públicos, de grandes esmolas coletivas, de dinheiro distribuído para pobres ou para soldados, sinais certos estes do esfacelamento do caráter nacional, fatos próprios das tiranias expirantes e dos pretorianismos insaciáveis. A ciência política caminhou desde a antiguidade. Hoje, o dinheiro público, que vem do imposto, sendo mais do que é necessário para os serviços públicos, o que há a fazer é pagar as dívidas do estado, se o estado tem dívidas. Se as não tem ou se não convém liquidá-las por qualquer razão, não há outro alvitre honesto senão a diminuição dos impostos. Eduardo Prado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VISITE A BIBLIOTECA DO SUBVERSIVO DO SÉCULO XXI